asco-2018-preview

Congresso da ASCO (American Society of Clinical Oncology)

Entre 01/06/2018 a 05/06/2018, aconteceu, em Chicago, o Congresso da ASCO (American Society of Clinical Oncology) que reuniu mais de 35.000 especialistas no tratamento do câncer de todo o mundo.

Ocorreram várias discussões sobre o câncer de cabeça e pescoço (CCP), desde o seu tratamento até os cuidados suportivos demandados pelo paciente.

Dois estudos discutiram sobre a mucosite: inflamação das mucosas da boca geralmente devido a radioterapia e quimioterapia. A mucosite ocorre na maioria dos pacientes com CCP em tratamento, sendo intensa (grau III e IV) em até 70% dos casos. Há várias abordagens estudadas e já consolidadas no tratamento e prevenção deste efeito colateral. No Brasil, o mais usado é a laserterapia de baixa dose.

Os estudos apresentados na ASCO trouxeram novas abordagens, mas ainda são preliminares (estão em fase II de pesquisa) e não podem ser adotados na prática clínica. Um deles avaliou a droga avispassem versus placebo e outro avaliou gel de melatonina versus placebo. Ambos estudos demonstraram diminuição da taxa de mucosite nos pacientes com CCP em tratamento com radioterapia concomitante a quimioterapia. Novos estudos estão em andamento para consolidar ou não os dados encontrados.

O mais importante é saber que a mucosite é um efeito colateral do tratamento que pode acontecer; pode ser prevenida ou amenizada com suporte do dentista e analgesia adequada, para diminuir as consequências da mesma como dificuldade para alimentar e por consequência perda de peso e atraso do tratamento.

O suporte de uma equipe multidisciplinar é fundamental para o sucesso do tratamento do paciente com CCP.

Deixe um comentário

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com