top of page

Qual é a classificação TI-RADS que indica o risco de câncer de tireoide?

Ao encontrar um nódulo na tireoide, o médico radiologista realiza a avaliação de características que permitem estratificar o risco de câncer de tireoide, preenchendo a pontuação presente no sistema de classificação TI-RADS.


 classificação TI-RADS

Nódulos tireoidianos são muito prevalentes na população, mesmo em indivíduos assintomáticos. Na imensa maioria das vezes, um achado casual de nódulo na tireoide corresponde a doença benigna e que não demanda tratamento específico. Entretanto, em aproximadamente 5% dos casos, a nodulação pode corresponder a um tumor maligno, que precisará de diagnóstico e tratamento específico.


O sistema de classificação de nódulos da tireoide Thyroid Imaging Reporting and Data System  (TI-RADS) foi criado pelo American College of Radiology (ACR) - https://www.acr.org/. Com base em evidências científicas, o ACR definiu, em 2017, uma metodologia que permite, por meio da ultrassonografia (US), estratificar a suspeita de malignidade de um nódulo de tireoide e, com isso, determinar a eventual indicação de se realizar punção-biópsia guiada por Ultrassonografia.


Como é realizada a classificação da ACR TI-RADS?


O exame de ultrassonografia da tireoide é indicado para pacientes com nódulos palpáveis em exame clínico, em pacientes com disfunção tireoidiana, história pregressa de irradiação ionizante no pescoço e nos raros casos de carcinoma de tireoide familiar.


Ao encontrar um nódulo na tireoide, o médico radiologista realiza a avaliação de características que permitem estratificar o risco de malignidade, preenchendo a pontuação presente no sistema de classificação TI-RADS. Na US de tireoide, o médico avalia, de acordo com uma pontuação, as seguintes características de cada nódulo encontrado:


  •        Composição: líquido, sólido ou misto

  • Ecogenicidade: ecogenicidade do nódulo, comparativamente à musculatura pré-tireodiana

  •      Focos ecogênicos: presença ou não de microcalcificações

  • Formato: Mais largo que alto ou mais alto que largo

  • Margens: contorno do nódulo (regular, irregular ou se apresenta extensão para além da cápsula tireoide).


A soma dos pontos relacionados às características do nódulo indica sua classificação:


  •   0 pontos - ACR TI-RADS 1: benigno

  •          2 pontos - ACR TI-RADS 2: não suspeito

  •      3 pontos - ACR TI-RADS 3 : pouco suspeito

  •         4 a 6 pontos - ACR TI-RADS 4 : moderadamente suspeito

  •         7 pontos - ACR TI-RADS 5 : altamente suspeito



Cada classificação TI-RADS está vinculada a uma recomendação de conduta, a depender das dimensões do nódulo, que pode variar do seguimento ultrassonográfico periódico à realização de biopsia por meio de punção aspirativa por agulha fina (PAAF), conforme determinado no quadro abaixo:


classificação TI-RADS


Conteúdo em colaboração com Dr. Gustavo Meyer,  cirurgião de cabeça e pescoço


Comentários


bottom of page