top of page

O que é o câncer de laringe?

Aqui você tem acesso a um guia sobre o câncer de laringe


câncer de laringe

O que é a laringe?


Localizada no pescoço, acima da abertura da traqueia é onde estão localizadas as cordas vocais, órgão responsável pela emissão da voz. É a laringe também que protege os brônquios e pulmões da entrada de partículas de alimentos durante a deglutição.


A laringe é formada por três partes:


  • Supraglote: está logo acima das cordas vocais. Tem a função de enviar comida pelo esôfago (o tubo que se conecta ao estômago) e impedir que alimentos e líquidos entrem nos pulmões

  • Glote é onde estão as cordas vocais

  • Subglote fica localizada abaixo das cordas vocais


O câncer de laringe pode se desenvolver nessas três regiões, mas a maioria dos casos se desenvolve na glote. A doença pode afetar tanto a voz, como a deglutição e a respiração. A doença é mais frequente em homens acima de 40 anos


Quais os tipos de câncer de laringe?


Os tipos de câncer de laringe são o carcinoma de células escamosas, o carcinoma de glândula salivar menor, o condrossarcoma e os tumores neuroendócrinos


Qual a causa do câncer de laringe?


Os principais fatores que têm relação com o desenvolvimento do câncer de laringe são o tabagismo e o consumo de bebidas alcoólicas, especialmente a combinação dos dois.


O fumo de qualquer produto (cigarro, cachimbo, charuto, narguilé, cigarro de palha, cigarro eletrônico), aumenta em 10 vezes a chance de desenvolver o câncer de laringe.


Outros fatores são:


  • Excesso de gordura corporal

  • Exposição a alguns produtos químicos: óleo de corte, amianto, poeira de madeira, de couro, de cimento, de cereais, têxtil, formaldeído, sílica, fuligem de carvão, solventes orgânicos e agrotóxicos


Quais os sintomas do câncer de laringe?


Os sintomas podem variar de acordo com a localização e estágio da doença.


  • Rouquidão ou alterações na voz;

  • Dificuldade para engolir alimentos ou sensação de algo preso na garganta;

  • Dor de garganta ou de ouvido persistentes;

  • Caroço no pescoço;

  • Tosse constante;

  • Problemas respiratórios;

  • Perda de peso sem motivos;


Esses sintomas podem não ter relação com o câncer de laringe, mas é preciso estar atento e consultar um médico especialista para uma avaliação mais precisa.


Como é feito o diagnóstico do câncer de laringe?


Ao observar alguma alteração suspeita é importante buscar avaliação de um médico otorrinolaringologista ou cirurgião de cabeça e pescoço.


Além do exame clínico, o médico pode solicitar a realização de uma laringoscopia, exame que pode ser feito no consultório, com a necessidade de coleta de fragmentos da lesão (biópsia) se for identificada suspeita para a confirmação ou não do câncer.


Como é o tratamento para o câncer de laringe?


A definição da melhor alternativa de tratamento vai depender das características do tumor e da condição clínica do paciente. Cada caso é um caso e precisa de uma avaliação minuciosa pela equipe médica envolvida.


Dentre as opções de tratamento estão a cirurgia, quimioterapia e radioterapia que podem ser indicadas de forma isolada ou combinadas entre si.


O tratamento sempre terá como objetivo oferecer o mais alto índice de cura do paciente, mas também preservar as funções as funções do órgão, como a fala, a deglutição e a respiração.


  • Cirurgia


A laringectomia é o nome da cirurgia para a remoção total ou parcial da laringe. Em alguns casos, a depender da localização do tumor e do seu tamanho, pode ocorrer perda da voz, ou rouquidão.


Quando o câncer atinge os gânglios linfáticos do pescoço, a depender da localização do tumor e estádio da doença, pode ser necessário realizar uma cirurgia de esvaziamento cervical para retirada dos gânglios.


  • Radioterapia e quimioterapia


A radioterapia utiliza raios ionizantes para destruir as células cancerosas. Ela pode ser utilizada como tratamento principal em alguns casos quando o câncer está em fase inicial, quando é necessário preservar a função do órgão ou quando paciente não está em condição de passar por cirurgia em razão da sua condição clínica. Também pode ser utilizada como tratamento adjuvante, após a cirurgia, para destruir as células cancerosas que tenham permanecido.


A quimioterapia também pode ser indicada em alguns casos, simultaneamente à radioterapia ou antes do tratamento com o objetivo de reduzir o tamanho do tumor, aumentar a efetividade da radioterapia posteriormente ou tratar precocemente células microscópicas que possam ter se desprendido do tumor.


  • Terapias-alvo e imunoterapia

Podem ser indicadas para pacientes com doença recidivada irressecável ou metastática.



É possível prevenir o câncer de laringe?


Cerca de 30% dos casos de câncer de laringe poderiam ser evitados com a adoção de algumas medidas.


  • Não fumar nenhum produto e evitar o tabagismo passivo

  • Evitar o consumo excessivo e constante de bebidas alcoólicas

  • Manter o peso corporal adequado

  • Cuidar da saúde da voz

댓글


bottom of page