top of page

O que é o câncer de seios da face?

Aqui você encontra um guia sobre o câncer de seios da face


seios da face

Os cânceres dos seios da face são raros. Como ele não está entre os dez mais incidentes no Brasil, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), não temos estatísticas locais.


No entanto, nos Estados Unidos, eles representam de 3% a 5% de todos os cânceres de cabeça e pescoço. Além disso, quatro em cada cinco casos ocorrem em pessoas com pelo menos 55 anos.

 


O que são os seios da face?


Os seios da face (ou seios paranasais) são pequenos túneis, repletos de ar, conectados à cavidade nasal. Esta, por sua vez, corresponde ao espaço que fica na parte superior do céu da boca (o palato) até a nasofaringe (a parte superior da garganta). A cavidade nasal se abre para uma rede de seios:


·         Seios maxilares - na área de face, abaixo dos olhos e de cada lado do nariz.

·         Seios frontais - acima da parte interna da cavidade ocular e da área das sobrancelhas.

·         Seios esfenoidais - atrás do nariz e entre os olhos.

·         Seios etmoidais - acima do nariz, entre os olhos.

 

Entre as funções da cavidade nasal e dos seios da face estão: filtrar o ar que respiramos; aquecer e umidificar o ar antes que chegue aos pulmões; dar ressonância à voz; aliviar o peso do crânio; fornecer a estrutura óssea para o rosto e os olhos. A cavidade nasal e os seios da face são revestidos por uma mucosa, formada por diferentes tipos de células:


  • Células epiteliais escamosas - são achatadas, revestem os seios e formam a maior parte da mucosa;

  • Células glandulares, similares às células das glândulas salivares - produzem muco e outras secreções;

  • Células nervosas - responsáveis pelo olfato;

  • Células que combatem as infecções (que são parte do sistema imunológico), células do sistema vascular e outras células de suporte.

 

Qual a causa do câncer de seios da face?


Entre os fatores que podem aumentar o risco de desenvolver câncer da cavidade oral e dos seios da face estão:


  • Exposição ocupacional - inalação de substâncias, como poeiras de madeira, têxteis e couro; cozimento e moagem de farinha, pó de níquel e cromo, gás mostarda e radônio;

  • Tabagismo - aumenta o risco especificamente do tipo espinocelular;

  • Infecção pelo vírus do papiloma humano (HPV);

  • Pessoas com retinoblastoma hereditário tratadas com radioterapia tem mais risco para câncer de cavidade nasal.

 

Quais os sintomas de seios da face?


Entre os sintomas do câncer de seios da face estão:


  • Congestão nasal que não melhora com o tempo;

  • Dor acima ou abaixo dos olhos;

  • Obstrução de um dos lados do nariz;

  • Gotejamento na parte posterior do nariz e da garganta;

  • Hemorragia nasal;

  • Secreção purulenta pelo nariz;

  • Diminuição do sentido do olfato;

  • Dormência ou dor em partes do rosto;

  • Desprendimento ou dormência dos dentes;

  • Crescimento de uma massa no rosto, no nariz ou na língua;

  • Olhos lacrimejantes;

  • Mudança na forma como o olho se move dentro da órbita;

  • Perda ou alteração da visão;

  • Dor ou pressão nas orelhas;

  • Perda da audição;

  • Dor de cabeça;

  • Dificuldade para abrir a boca;

  • Linfonodos do pescoço (ínguas) aumentados.


Esses sintomas podem não ter relação com o câncer de seios da face, mas é preciso estar atento e consultar um médico especialista para uma avaliação mais precisa.

 

Como é feito o diagnóstico do câncer dos seios da face?


O diagnóstico inicialmente é realizado por meio dos sinais e sintomas. Se houver suspeita de câncer, o paciente é encaminhado para o cirurgião de cabeça e pescoço que, além do exame físico e  análise do histórico clínico completo do paciente, poderá solicitar exames de imagem e de laboratório. Na presença de uma lesão suspeita, o médico pede uma biópsia para confirmação diagnóstica da doença.

 

Como é o tratamento para o câncer de seios da face?


Para determinar o tipo de tratamento, o especialista leva em conta o estado de saúde geral do paciente, o tipo de tumor, o estadiamento e as chances de cura da doença. Entre as opções de tratamento estão: cirurgia, radioterapia, quimioterapia, terapia alvo, imunoterapia e tratamento de suporte.


Em geral, o primeiro tratamento realizado é a cirurgia. Casos de tumores maiores que não podem ser removidos apenas com cirurgia, a radioterapia pode ser adicionada ou ser o tratamento principal. Outra opção que pode ser avaliada é a administração da quimioterapia junto com a radioterapia.

 

É possível prevenir o câncer de seios da face?


Há medidas que podem contribuir para diminuir o risco de desenvolver câncer da cavidade nasal e seios da face. Entre elas: evitar exposição ocupacional a determinadas substâncias, com ações de segurança tomadas para proteger os trabalhadores. Além disso, não fumar, lembrando que o tabagismo é um fator risco evitável para o câncer de cavidade nasal e seios da face.

 

 


Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page