top of page

Câncer de cabeça e pescoço. Atenção aos sinais

Quando falamos em câncer de cabeça e pescoço estamos considerando aqueles que podem se desenvolver na boca, faringe, laringe, nas fossas nasais, nos seios paranasais, nas glândulas salivares e na tireoide.



São muitos os tipos e subtipos de câncer de cabeça e pescoço e é muito importante estar atento aos sinais que podem surgir em nosso organismo para identificar se existe alguma alteração e o diagnóstico precoce seja possível.


É recomendado que todos os meses, seja feito o autoexame, principalmente pelos fumantes ou por quem consome bebida alcoólica rotineiramente, observando a boca, lábios, língua e pescoço ao espelho todos os meses para verificar se há alterações, como manchas brancas, feridas ou caroços. Siga sempre a regra 1 por 3 à 1 sintoma que persiste por mais de 3 semanas deve ser investigado.




Fonte da imagem: https://makesensecampaign.eu




Os sintomas mais comuns do câncer de cabeça e pescoço :


- ferida na boca que não cicatriza

- manchas esbranquiçadas na boca

- rouquidão por mais de 15 dias

- nódulo palpável no pescoço

- dor de garganta que não melhorar com o uso de antibiótico

- dor ou dificuldade para engolir ou respirar

- sangramento ou secreção persistente pelo nariz.

- dor no ouvido ou dificuldade para ouvir

- dores de cabeça e tosse persistente.



Ao perceber algum desses sinais que persista por mais de três semanas, busque avaliação médica com um especialista otorrinolaringologista (médico que trata de doenças do ouvido, nariz e garganta) ou cirurgião de cabeça e pescoço para que sejam realizados os exames necessários para o diagnóstico preciso.


O câncer de cabeça e pescoço tem cura e isso depende do estágio em que o diagnóstico acontece. Quanto mais precoce o diagnóstico, maiores as chances de cura da doença. Por isso é tão importante que as pessoas, em especial as fumantes, façam o autoexame e, ao perceberem qualquer sinal suspeito, procurem atendimento médico adequado.

Kommentare


bottom of page