top of page

Como se preparar para iniciar a radioterapia de um câncer de cabeça e pescoço?

A radioterapia é um dos tipos de tratamento utilizados para o câncer de cabeça e pescoço. Esse procedimento utiliza a radiação para destruir ou impedir o crescimento das células cancerígenas, controlar sangramentos e dores e reduzir tumores que estejam comprimindo outros órgãos.




É um procedimento seguro e totalmente planejado para preservar ao máximo as células saudáveis. Caso essas células normais sejam afetadas pela radioterapia, elas conseguem se reparar.


Caso a radioterapia seja o tratamento indicado para o seu caso, é importante se preparar e conhecer como funciona esse procedimento e estar preparado para essa etapa importante.


Para começar, não fique preocupado porque as sessões do tratamento não causam nenhum tipo de dor, quando são realizadas. A radiação é direcionada para o local onde está o tumor a partir de uma máquina, chamada acelerador linear, localizada longe do corpo. Você não verá essas ondas radioativas.


Antes de iniciar o tratamento será necessária a confecção de uma máscara personalizada feita exclusivamente para você, é um dispositivo de imobilização extremamente importante, pois irá garantir que você esteja exatamente na mesma posição todos os dias e não movimente a cabeça durante a realização do tratamento. Durante o procedimento é importante não se mexer, porque qualquer movimento pode alterar a área que está recebendo a radiação.


No momento do tratamento você irá colocar a máscara e o técnico vai posicioná-lo corretamente no equipamento para receber a radioterapia. O tempo de duração da sessão pode variar dependendo da técnica utilizada no tratamento, mas será aproximadamente de 8 a 12 minutos.


Durante a sessão, você permanecerá sozinho dentro da sala, mas o técnico responsável estará sempre monitorando o procedimento por meio de uma televisão e caso seja necessário se comunicar com ele, haverá um microfone na sala para que possa utilizá-lo. Além disso, se houver necessidade, a máquina poderá ser interrompida a qualquer momento.


Alguns ruídos no equipamento são normais, como clicar, bater ou zumbir, mas não se preocupe, pois o técnico tem total controle da máquina.


Durante toda a duração das sessões você deve passar por consulta com o radio-oncologista uma vez por semana, mesmo que esteja se sentindo bem e sem efeitos colaterais.


Em alguns casos, quando ocorrem efeitos colaterais mais severos, pode ser necessário interromper o tratamento por alguns dias. Geralmente, os tratamentos são programados cinco dias por semana, de segunda a sexta-feira, e continuam por várias semanas. O número de sessões necessárias depende do tamanho, da localização e do tipo de câncer, do objetivo do tratamento, das condições de saúde geral do paciente e de outros tratamentos associados.

 

Conheça os possíveis efeitos colaterais da radioterapia para o câncer de cabeça e pescoço. Durante todo o curso do tratamento, podem ocorrer algumas complicações.


Os principais efeitos colaterais são:


  • Dificuldade na ingestão de alimentos

  • Boca seca

  • Perda de apetite

  • Náuseas

  • Feridas na boca, mucosite

  • Alteração na pele (descamação, vermelhidão, ressecamento)

  • Queda de cabelos e pelos


Ao surgir qualquer um dos sintomas, o médico deve ser informado. Ele afará o acompanhamento e dará as orientações para minimizar esses sintomas.

É importante que haja também um acompanhamento de uma equipe multiprofissional  antes, durante e depois do tratamento: avaliação odontológica, orientação nutricional e avaliação por fonoaudiólogo e fisioterapeuta.

Comments


bottom of page